Carregando

Buscar

Futebol Stick

Ronaldinho se posiciona sobre o caso de assassinato no Carrefour

Compartilhe

Ronaldinho Gaúcho, costumeiramente reservado, decidiu se posicionar sobre o caso de assassinato que aconteceu no hipermercado Carrefour, em Porto Alegre. O lamentável acontecimento ocorreu, justamente, no Dia da Consciência Negra.

”Hoje é um dia de reflexão, de solidariedade… Não importa a cor da pele, ninguém tem o direito de tirar a vida de ninguém, ainda mais brutalmente. O que aconteceu no Carrefour não tem explicação…
Não gosto de falar sobre determinados temas em redes sociais, mas precisava dizer ao mundo que estou chocado com os últimos acontecimentos, não somente aqui em Porto Alegre, mas no mundo todo vem acontecendo atos de racismo, de falta de amor, falta de Deus no coração, sei lá… Só queria pedir Paz, e que Deus conforte a todos que perderam seus entes por conta de atos de racismo. Vidas negras importam…”, desabafou.

João Alberto Silveira Freitas foi espancado até a morte por dois seguranças do hipermercado Carrefour, na Zona Norte de Porto Alegre. Beto, como era conhecido, era um homem negro de 40 anos. A perícia acusa a asfixia como causa para o óbito. Mais detalhes devem sair no próximos dias.

Em destaque