Carregando

Buscar

Futebol

Brenner revela quase ter deixado o mundo do futebol: “Não queria mais esse caminho”

Compartilhe

O destaque do São Paulo, Brenner, revelou que pensou em desistir da carreira de jogador de futebol. O jovem, de apenas 20 anos, disse que passou por momentos de muita desmotivação.

”Fui emprestado para o Fluminense, tive a oportunidade de conhecer o Diniz, mas depois perdi o foco. Perdi até a vontade de jogar futebol. Pedi até para não ir a jogos, pedi para ficar em casa. Eu ia treinar pensando para onde eu ia depois. Não queria mais jogar bola, não. Tive uma conversa com a minha mãe e falei que eu estava desanimado e que não sabia se queria seguir o sonho de criança, porque não queria mais esse caminho”, disse à SPFC TV.

João Felix

”Fui para as férias em dezembro e o São Paulo queria que eu disputasse a Copinha, e eu queria curtir as férias. Eu achava que não devia disputar, não. Naquele momento não tive maturidade”, continuou. 

”Recebi a notícia que o Diniz me queria. Aquele dia minha bateria foi recarregada 100%. Prometi para a minha mãe que eu ia me entregar. Eu nunca treino nas férias, dessa vez eu treinei. Falei para a minha mãe: ‘Vou morar no CT e quero viver e respirar o futebol”’, finalizou.

Hoje, Brenner é um dos principais nomes no São Paulo no ano. Até aqui, são 29 jogos e 17 gols na temporada.

Em destaque