Carregando

Buscar

Futebol Stick

Filho de Bruno e Eliza Samúdio treina em escolinha para ser goleiro

Compartilhe

Filho de Bruno e Eliza Samudio, Bruninho tem seguido os passos do pai. O garoto de 10 anos está treinando em uma escolinha em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, e joga na mesma posição do pai. Em entrevista ao jornal “Extra”, a avó do menino diz que a escolha foi antes dele saber onde o pai jogava.

“Foi uma coisa inconsciente, nasceu dele, e não influência do pai. A mãe dele também foi goleira, por dez anos. Quando ele falou que queria ser goleiro, levei ele a uma escolinha para uma aula experimental. No final do treino, o preparador disse que ele era um goleiro nato, que só precisava de treinamento. Ele leva jeito. Tem uma altura muito boa e é extremamente apaixonado pelo que ele faz”, revelou Sônia Silva Guimarães.

Bruninho começou a treinar no início de 2019 e, segundo a publicação, já ganhou títulos estaduais no sub-12, o que rendeu uma bolsa de estudo. O menino também luta karatê e está na faixa azul.

João Felix
Eliza Samudio e Bruninho - Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

Sobre a história trágica dos pais, Sônia disse que só revelou no ano passado a causa da morte de sua mãe, Eliza Samudio, e a condenação do goleiro Bruno, que pegou 22 anos e três meses de prisão pelo homicídio triplamente qualificado. Hoje em dia, o jogador do Rio Branco cumpre regime semi-aberto.

Apesar de se identificar com o esporte, a avó de Bruninho não gostaria que o neto virasse jogador de futebol. “Se eu pudesse escolher, não gostaria que ele fosse jogador de futebol, mas é a escolha dele, é a paixão dele, a vida é dele. Demorei um tempo para aceitar isso. A minha psicóloga falou que a gente não escolhe o que o outro quer ser, que temos que aconselhar e apoiar”.

Em destaque