Carregando

Buscar

Futebol

Marcelinho Carioca, Odvan, Adriano Gabiru: atletas vão mal nas eleições 2020

Compartilhe

Os boleiros que pretendiam assumir um cargo público, seja de vereador ou prefeito, também não tiveram votações expressivas. Ex-jogadores como Marcelinho Carioca (SP), Dinei (SP), Paulo Almeida (Itarantim-BA), Odvan (Campos de Goytacazes) e Adriano Gabiru (Curitiba) não se elegeram.

Marcelo, inclusive, teve pouco mais de 7,5 mil votos, notavelmente menos do que em outras campanhas. O ex-zagueiro do Vasco, Odvan ficou irritado ao receber apenas 277 votos: “Eu tenho vergonha de ser vascaíno hoje”, desabafou em áudio (confira abaixo).

Em contrapartida, Renan Ceschin, meia com passagens por Coritiba, Paraná e Ponte Preta, foi reeleito vereador em Pinhais (PR). O goleiro Vinícius, do Remo (PA), foi eleito vereador em Belém, com quase 7.000 votos.

João Felix

Entre dirigentes, o vice presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz, foi eleito com 41 mil votos para vereador. O presidente do Mirassol, Edson Ermenegildo, também conseguiu uma vaga, mas de prefeito de uma cidade do interior paulista.  

Em destaque