Carregando

Buscar

Futebol

Seleção viaja para o Uruguai com apenas um lateral-direito; Arana e Galhardo treinam separados

Compartilhe

A seleção brasileira voltou aos treinamentos após o dia de descanso da vitória sobre a Venezuela. Já com a presença de Guilherme Arana e Thiago Galhardo, convocados como peças de reposição que chegaram no sábado (14), Tite comandou as atividades focando na parte tática e regeneração de jogadores que estavam com desgaste físico.

Sem Gabriel Menino, a seleção irá contar com apenas uma lateral-direito. A única duvida é acerca da presença de Alex Telles, que testou mais uma vez positivo para Covid-19. A Seleção embarca na segunda-feira (19) e, por já contar com Guilherme Arana, pode ter três laterais-esquerdos na delegação.

João Felix

Em campo, Tite dividiu os jogadores que tinha à disposição em dois times de seis jogadores para um trabalho técnico em espaço reduzido. Um time teve Diego Carlos, Douglas Luiz, Lucas Paquetá, Danilo, Éverton Cebolinha e Cachoeira; o outro teve Caio Felipe, Alex Telles, Bruno Guimarães, Arthur e Vinícius Jr. Os goleiros trabalharam separadamente.

Três desses jogadores foram cedidos pelo São Paulo para ajudar na atividade: Caio Felipe (lateral-direito do elenco profissional), Danilo (meia do sub-20) e Cachoeira (atacante do sub-20). Tite ainda comandou uma atividade focada na parte tática. No entanto, a imprensa não pôde ter acesso.

Em destaque