Carregando

Buscar

Futebol

Jorge Sampaoli pode ser punido por falar com comissão técnica durante partida contra o Flamengo

Compartilhe

Suspenso pelo acúmulo de cartões amarelos, Jorge Sampaoli não pode comandar o Atlético-MG na goleada contra o Flamengo no domingo (8). Assim sendo, o treinador não poderia ficar no banco de reservas e, sequer, entrar em contato com o time para dar ordens referentes ao andamento do jogo. No entanto, uma câmera flagrou o argentino usando um celular. O fato pode gerar outra punição para Sampaoli.

Em tese, o celular teria servido para o treinador entrar em contato com um de seus assistentes, responsável pelo comando da equipe na ocasião. Momento depois de ser flagrado no camarote, a mesma câmera filmou o banco de reservas, e lá estava o assistente com o celular em mãos.

De acordo com o artigo 47, parágrafo 5 do Regulamento Geral de Competições: “O membro de comissão técnica suspenso não poderá acessar a área técnica vestiários ou qualquer parte da área de competições, nem se comunicar, por qualquer meio, com qualquer pessoa envolvida na partida, em especial atletas e membros da comissão técnica, nem comparecer à coletiva de imprensa ou qualquer outra atividade de mídia realizada no estádio“.

João Felix

Apesar de existirem evidências, a Justiça não tem provas concretas de que o telefonema de Sampaoli foi para um de seus assistentes. Na súmula oficial da partida, o árbitro, responsável por monitorar o contato, não relatou qualquer irregularidade no quesito comunicação. 

Mesmo de longe, Sampaoli se mostrou intenso como sempre. Além do telefonema, o argentino esbravejou como se estivesse na beira do gramado. O Atlético venceu por 4 a 0 e empatou com o Flamengo em pontos (35). A dupla está atrás apenas do Internacional (36), líder da competição. 

Imagem de capa: Reprodução/Agência i7/Mineirão

Em destaque