Carregando

Buscar

Futebol

No dia do Halloween, relembre os grandes algozes dos clubes Brasileiros

Compartilhe

É Halloween na 365Scores, e nós aproveitamos para listar alguns ‘terrores’ dos clubes brasileiros. O critério é simples: basta atormentar uma equipe, seja com gols ou eliminações.

 

Eduardo Coudet x Atlético-MG

 

Eduardo Coudet, técnico do Internacional, disputa ponto a ponto a liderança do Brasileirão com Flamengo e Galo. Este último, porém, tem uma lembrança mais antiga com relação ao treinador argentino. Isto porque, quando ele atuava como meia no Rosário Central, participou de uma virada indigesta sobre o clube mineiro, na final da Copa Conmebol de 1995.

Após o Galo não tomar conhecimento no jogo de ida, e golear por 4×0, o Rosário foi para a remontada na partida de volta, vencendo pelo mesmo placar e ganhando por 4×3 nos pênaltis.

 

Bruno Henrique x Athletico Paranaense

 

Bruno Henrique costuma fazer muitas vítimas no Campeonato Brasileiro, afinal, só pelo Flamengo, ele marcou 50 gols em quase dois anos. Mas se tem algum time que o quer bem distante é o Athletico Paranaense.

Vítima mais recente, o clube paranaense sofreu seu 11º gol de Bruno Henrique em apenas 14 jogos, uma média que aproxima de um por jogo.

João Felix

Fred x Botafogo

“O Fred vai te pegar!”. A famosa música entoada pela torcida tricolor já ecoa para o Botafogo com bastante preocupação, e não é para menos. Fred ‘pegou’ o Glorioso 18 vezes em 30 jogos, considerando as partidas pelos clubes mineiros e pelo Flu.

Na última partida, os dois empataram em 1 a 1, o gol do Flu foi contra, mas quem cabeceou a bola fatal foi justamente Fred.

 

Riquelme x Brasileiros

 

Pegar o Boca na Libertadores é um tormento para qualquer equipe que queira levantar a taça. Mas especialmente no anos 2000, era uma missão ainda mais indigesta. Do lado xeneize, Riquelme estava sempre desfilando em campo com golaços e passes açucarados.

Em 2000 e 2001, o Boca eliminou o forte Palmeiras nos pênaltis, com Riquelme sendo crucial em todas as partidas. Em 2007, o Grêmio não deu nenhum trabalho, e viu o craque deitar e rolar com três gols nas duas partidas das finais. Em 2008 foi a vez do Cruzeiro sofrer duas derrotas nas oitavas, com destaque novamente para o camisa 10.

Grêmio x Inter

Foto: Twitter

Grêmio e Inter protagonizam uma das maiores rivalidades do mundo. Mas ultimamente, o Grêmio tem sido um adversário bem indigesto para o Colorado. São onze jogos de invencibilidade para a equipe de Renato Gaúcho. Odair Hellmann, em 2018, foi o último a conseguir arrancar uma vitória do Tricolor.

 

Chapecoense x Fluminense

 

A Chapecoense está atualmente na Série B liderando a tabela. Para o Fluminense, isto não é uma boa notícia. As duas equipes se enfrentaram 12 vezes no Brasileirão, tendo o Tricolor vencido apenas duas vezes, com seis derrotas. 

 

Em destaque