Carregando

Buscar

Futebol

Após derrota na Copa do Brasil e demissão do técnico, Montenegro afirma: “O Botafogo está falido”

Compartilhe

O Botafogo vive dia turbulento depois da derrota na Copa do Brasil para o Cuiabá, no Nilton Santos, na terça-feira. Após declarações polêmicas de Felipe Neto e a demissão do técnico Bruno Lazaroni, foi a vez de Carlos Augusto Montenegro convocar a imprensa e dar uma coletiva sobre a real situação do clube

O membro do comitê executivo de futebol falou em “vontade de sair”, pois está fazendo mal à saúde, e afirmou que “o Botafogo está falido”. Ainda explicou à torcida os problemas enfrentados pela equipe carioca e o porquê não contratar grandes nomes para o cargo de treinador.

“Eu já estava com vontade de sair, mas agora eu não posso, pois seria covarde (…) Essa será uma entrevista histórica, pois será a última que pretendo fazer. (…) Coloco a cara e acabo pagando por isso, mas não vou mudar com 66 anos. Está na hora de eu sair, pois está me fazendo mal. As pessoas não entendem que o clube está falido, que não tem dinheiro para pagar água e luz, ficam pedindo Luxemburgo, Abel, contratações, mas não sabem que subimos alguns atletas na marra, a própria efetivação do Bruno foi por falta de dinheiro”, disparou Montenegro.

João Felix

Sobre a fala de Felipe Neto, Montenegro alfinetou a postura do Youtuber, que se comprometeu a dar um valor ao clube e depois desistiu. Além disso, chamou a atitude de covarde e com informações falsas. 

“O próprio Felipe Neto, que eu gosto muito, se comprometeu a botar R$ 3 milhões e depois desistiu. Tentaram falar com ele por um mês e ele não retornou. Não tem problema, o dinheiro é dele e ele põe se quiser. Pode acreditar em um momento e desacreditar em outro. A única coisa que ele fez errado na minha opinião foi incendiar um processo que não tinha nada a ver, foi ele misturar uma derrota pro Cuiabá com S/A. Achei isso covarde. Ele colocou uma informação falsa, como se o comitê tivesse mudado o valor pra investir. Pelo contrário, o comitê diminuiu o custeio, fez uma folha que eu considero ridícula pra ajudar. Eu já fiquei nervoso algumas vezes por causa de Botafogo, e o Felipe Neto ficou nervoso. Ele falou o comitê, e eu me senti atingido”.

Completou: “O Botafogo está falido, toda receita está penhorada. Felipe Neto está omitindo a verdade dizendo que vai chegar à falência. Está falido. Se não fosse a torcida, se não fosse o comitê, se não fosse a ajuda de algumas pessoas, o clube já estava falido. O que estamos tentando é achar dinheiro novo para tirar o clube da falência”.

A derrota para o Cuiabá também foi um dos assuntos da coletiva. O dirigente revelou uma insatisfação com o resultado e também com o desempenho da equipe em campo. 

“Estou arrasado de ter jogado mal e perdido para o Cuiabá, mas temos que levantar a cabeça e seguir em frente. O jogo lá será em campo neutro, temos que tomar atitude para devolver com juros na semana que vem. São mais de R$ 3 milhões em jogo para um clube falido. A falta de ânimo, a mesma escalação, isso me incomoda. Ontem não teve nada de diferente, foi patético”.

Em destaque