Carregando

Buscar

Futebol

CBF obriga São Bento a entrar em campo com dez jogadores e machucados no banco; Time usará goleiro na linha

Compartilhe

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) rejeitou o pedido do São Bento para adiar a partida desta segunda-feira contra o Criciúma, às 18h. A solicitação foi devido ao surto de Covid-19 no elenco, já que 15 jogadores estão infectados e dois com sintomas. Fora isso, quatro estão lesionados e um suspenso, restando apenas 12 atletas, sendo três deles goleiros, à disposição para o confronto.

Em nota oficial, o clube paulista se manifestou sobre a decisão da entidade e disse que terá que improvisar um goleiro na linha para encarar o time catarinense. Além disso, afirmou que restará apenas um goleiro no banco de reservas, sendo um goleiro.

“O Esporte Clube São Bento não compactua com a decisão da CBF em manter o jogo de hoje. Acreditamos que essa decisão coloca em risco todos os profissionais que trabalharão na partida: comissão e atletas do ECSB, comissão e atletas do Criciúma, além dos fiscais, árbitros e apoios. Ao todo, são 15 jogadores testados positivos e mais 02 com sintomas, teremos que relacionar jogadores que estão no departamento médico para que ocorra essa partida. Infelizmente teremos que ir pro jogo sem banco de reservas e com um goleiro atuando na linha”.

A CBF foi procurada pelo portal “UOL”, mas não se posicionou sobre a decisão. 

João Felix

Leia a nota do São Bento na íntegra:

O Esporte Clube São Bento não compactua com a decisão da CBF em manter o jogo de hoje. Os protocolos sanitários foram e continuam sendo seguidos pelo ECSB, mas infelizmente um surto de Covid-19 atingiu nosso elenco. Pedimos o adiamento da partida, mas o pleito foi recusado pela CBF, que confirmou o jogo para hoje. Acreditamos que essa decisão coloca em risco todos os profissionais que trabalharão na partida: comissão e atletas do ECSB, comissão e atletas do Criciúma, além dos fiscais, árbitros e apoios. Ao todo, são 15 jogadores testados positivos e mais 02 com sintomas, teremos que relacionar jogadores que estão no departamento médico para que ocorra essa partida. Infelizmente teremos que ir pro jogo sem banco de reservas e com um goleiro atuando na linha”.

Em destaque