Carregando

Buscar

Futebol Stick

Bartomeu e seus diretores podem oficializar renúncia nesta segunda-feira após reunião

Compartilhe

No dia 7 de outubro, uma moção de censura foi confirmada contra o presidente Josep Maria Bartomeu. Com isso, o Barcelona teria até 20 dias para marcar um referendo sobre a continuidade dele e sua diretoria no cargo máximo do clube. A reunião está marcada para a segunda-feira (26), mas o clube tenta adiá-la.

O Barcelona enviou uma carta ao Secretário de Esportes da Generalitat em busca do adiamento. O pedido foi feito principalmente por conta da segunda onda de pandemia de coronavírus no país. Na sexta-feira, foi decretado estado de calamidade pública e que todas as pessoas não poderiam sair de casa.

A ideia era adiar a reunião para os dias 1 de 2 de novembro. Nesta segunda-feira (26), o conselho irá se reunir para aprovar o ano fiscal da temporada 2019-20 e o orçamento para 2020-21. Caso não seja confirmado o adiamento da moção de censura, a reunião poderia ser a última de Bartomeu e seus dirigentes no Barcelona, visto que, de acordo com o veículo “Sport”, ele está pronto para renunciar. 

João Felix

O Barcelona tem até a meia-noite de segunda para anunciar a data do referendo da moção. Assim sendo, o clube teria que tornar pública a decisão até a terça-feira (27), prazo que está de acordo com o que diz o estatuto: cinco dias antes da realização do referendo, que seria nos dias 1 e 2 de novembro. 

Em destaque