Carregando

Buscar

Futebol

Ministra pede a cadeia imediata para Robinho

Compartilhe

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, revelou em conversa com o “G1” que deseja a prisão imediata do atacante Robinho, pelo processo de estupro coletivo que corre na Itália:

“Cadeia imediatamente, não tenho outra palavra para falar. Ainda cabe recurso, mas o vazamento dos áudios, gente. Querem mais o quê? Cadeia. Nenhum estuprador pode ser aplaudido. O cara quer voltar para posar como herói”.

Foto: Getty
João Felix

“Esse é um crime que não merece nenhuma consideração ao abusador, ao estuprador. A gente não tem que fazer concessão para esse tipo de crime. Tem que cumprir a pena que é estabelecida, ou lá ou aqui, imediatamente”, prosseguiu a ministra.

Por fim, ela parabenizou o Santos por voltar atrás e rescindir em comum acordo o contrato de Robinho: “O clube já reviu, parabéns ao Santos por ter rescindido. Eu sei que ainda cabe recurso lá, mas acho que está muito claro. O vazamento dos áudios está muito claro, a forma como isso chegou para nós”.

Em destaque