Carregando

Buscar

Futebol

Balanço da Juventus aponta prejuízo de R$ 587 milhões na última temporada

Compartilhe

Em coletiva feita pelo presidente Andrea Agnelli, a Juventus anunciou que teve um prejuízo de 89,7 milhões de euros (R$ 587 milhões) na temporada 2019-2020. O balanço contabilizou finanças do clube até o dia 30 de junho. Quando comparado ao ano anterior, o valor é maior que o dobro, quando houve 39,9 milhões de euros de saldo negativo. 

Muitos clubes acordaram com seus atletas uma redução salarial por conta da pandemia de coronavírus, a Juventus foi um deles. Estima-se que cerca de 90 milhões de euros (R$ 589 milhões) foram economizados com esses cortes, no entanto, não foi o suficiente para evitar o baque maior. 

“Foi um ano agridoce dentro e fora de campo porque houveram excelentes resultados, mas também decepções inesperadas. Em janeiro aumentamos o capital em 300 milhões de euros (R$ 1,9 bilhão) com três objetivos: manter a competitividade esportiva, aumentar a marca Juve e consolidar o equilíbrio econômico”, disse Agnelli.

João Felix

Um balanço divulgado pelo jornal italiano “Gazzetta dello Sport” apontou que a Juventus tem a maior folha salarial da Itália ao gastar cerca de 236 milhões de euros (R$ 1,51 bilhão) por ano em pagamentos aos seus jogadores. Cristiano Ronaldo, por exemplo, recebe 30 milhões (R$ 196 milhões). 

Em destaque