Carregando

Buscar

Futebol

Projeto proposto por Liverpool e United é recusado; Liga irá arrecadar fundos para times de divisões inferiores

Compartilhe

Foi decidido de forma unânime em reunião online nesta quarta-feira (14) que o projeto proposto por Liverpool e Manchester United seria recusado. A ideia era de mudar drasticamente o futebol inglês, incluindo uma diminuição no número de equipes na primeira divisão. No entanto, a votação dos clubes junto à Premier League definiu que será feito um modelo de arrecadação para equipes da segunda e terceira divisão do país.

Por meio de nota oficial, a Premier League afirmou: “Todos os 20 clubes decidiram hoje de maneira unânime que o projeto não será posto em prática pela Premier League ou Federação Inglesa. No entanto, os donos dos 20 clubes aceitaram em trabalhar juntos em um plano estratégico para o futuro das estruturas financeiras do futebol inglês. O intuito é assegurar um futebol vibrante, competitivo e sustentável”.

Os clubes irão trabalhar de maneira colaborativa em um processo aberto e transparente, focando na estrutura das competições, calendários, governos e sustentabilidade financeira. O projeto tem apoio integral da Federação e vai contar com o engajamento dos donos, fãs, governo e da EFL (divisões inferiores).

João Felix

A oferta consiste em garantir empréstimos sem juros aos times de divisões inferiores, fato que totaliza mais de 50 milhões de libras. Além disso, 27,2 milhões serão doados de maneira solidária aos clubes da segunda e terceira divisão. “As discussões continuarão com a EFL em relação às necessidades financeiras dos clubes”, dizia a nota.

Diferente dos times da primeira divisão, as equipes de divisões inferiores não possuem o poderio financeiro tão grande, sendo assim muito afetados por conta da pandemia de coronavírus. A ideia é fazer com que o esporte seja democrático em todo o país.

Em destaque