Carregando

Buscar

Futebol

Palmeiras irá à Justiça após contatos de Luxemburgo e Galiotte serem vazados por perfil nas redes sociais

Compartilhe

A diretoria do Palmeiras usou as redes sociais para informar que acionará a Justiça contra um perfil no Twitter que divulgou os números de telefone de Vanderlei Luxemburgo e Maurício Galiotte, presidente do clube. O caso teria acontecido no domingo, dia 11, de acordo com a imagem divulgada.

“Repudiamos com veemência o ato criminoso praticado por um perfil no Twitter que veiculou supostas informações pessoais do nosso presidente e do nosso treinador sem consentimento, de modo leviano e irresponsável, bem como por aqueles que, abusivamente, compartilharam e encaminharam mensagens privativas nesses contatos com teor de ameaça e intimidação”.

“Vamos agir nas esferas jurídicas (cível e criminal) com todo o rigor que a questão merece e exige. Todas as ações para proteger a integridade e a privacidade dos envolvidos estão em procedimento por meio do nosso departamento jurídico junto à plataforma digital e às autoridades”.

João Felix

A pressão contra o técnico e a diretoria se dá por conta das duas derrotas consecutivas no Brasileirão, uma para o Botafogo e outra para o São Paulo. No sábado, a torcida organizada Mancha Verde divulgou uma nota pedindo a demissão de Luxemburgo. Essa foi a primeira vez que o grupo se manifestou contra a presença do treinador à frente da equipe. 

Os resultados negativos afastaram o Palmeiras da briga pelo título da competição. Atualmente, a equipe está na 7ª colocação com 22 pontos, oito a menos que o líder Atlético-MG

Em destaque