Carregando

Buscar

Futebol

Fifa abre exceções que permitem que clubes não cedam jogadores a seleções nacionais

Compartilhe

Segundo algumas informações do ”Globoesporte”, o Conselho da Fifa decidiu criar novas regras para ‘proteger’ os clubes que cedem jogadores às seleções nacionais. As mudanças são por conta da pandemia de Covid-19, que faz com que diversos países imponham limites de locomoção.

A entidade decidiu estabelecer que um clube pode negar a convocação de um jogador em um desses três casos:

  • Se há um período obrigatório de quarentena ou auto-isolamento de pelo menos cinco dias após a chegada na localização do clube que tem a obrigação de liberar o jogador para uma seleção ou o local onde uma partida de seleção está agendada para acontecer;
  • Se há uma restrição de viagem de ou para qualquer local envolvido na situação anterior; 
  • Nenhuma isenção específica das autoridades relevantes em relação às decisões acima foi concedida aos jogadores de uma seleção
João Felix

Essas novas medidas já foram adotadas nas partidas entre seleções europeias no início de setembro. Depois desse teste, a Fifa decidiu estender isso para as Eliminatórias Sul-Americanas. As quatro primeiras rodadas da competição estarão sujeitas a essa negação por parte dos clubes.

Em destaque