Carregando

Buscar

Futebol

Neymar e Álvaro González podem pegar 10 jogos de gancho; entenda o julgamento

Compartilhe

 A acusação de racismo feita por Neymar durante a partida entre PSG e Olympiqu de Marseille será julgada nesta quarta-feira pela Comissão de Disciplina da Liga Francesa. O brasileiro e o zagueiro Álvaro González, que atua no time rival, estão sob risco de uma suspensão de até dez jogos no Campeonato Francês.

A dupla, que está sendo avaliada no mesmo artigo “suspeita de comentários homofóbicos e/ou racistas durante o jogo”, será ouvida pelos juízes por vídeoconferência. Neymar manteve a denúncia de racismo cometida pelo espanhol, que teria o chamado de “macaco”. Já a outra parte acusa o brasileiro de chamá-lo de “bicha de m…”. A discussão aconteceu em espanhol.

Para o julgamento, o camisa 10 terá a defesa dos advogados do PSG. O clube alega ter como provas imagens em que Álvaro comete o ato de racismo. Até o momento, nenhum membro da Comissão de Disciplina avaliou o caso. O julgamento está programado para ser encerrado por volta da 21h na França (16h de Brasília). 

João Felix

O clássico polêmico aconteceu no dia 13 de setembro. Depois disso, Neymar ainda cumpriu dois jogos de punição por “comportamento violento”, já que deu um tapa na cabeça do zagueiro e foi expulso. Enquanto isso, Álvaro não sofreu nenhuma punição.

O treinador do PSG se posicionou sobre o caso e se mostrou apreensivo, já que pode perder o craque do time por 10 partidas. “Claro que estamos inquietos por aqui. Não sabemos que tipo de punição podemos enfrentar com o Neymar”.

Em destaque