Carregando

Buscar

Futebol

Capitão da Armênia abandona o futebol para ir à guerra contra o Azerbaijão

Compartilhe

O conflito entre Armênia e Azerbaijão na região de Nagorno-Karabakh fez com que Varazdat Haroyan, capitão da seleção da Armênia, deixasse o futebol e fosse para o campo de batalha. Como outros homens com menos de 40 anos, o zagueiro foi convocado pelo exército de seu país.

Devido a isso, o jogador não concluiu a transferência para o futebol grego. Haroyan estava perto de fechar com Athlitiki Enosi Larissa, da primeira divisão da Grécia. Na terça-feira, o clube anunciou o cancelamento da negociação para a ida do atleta à guerra.

O Larissa, inclusive, divulgou uma mensagem do empresário de Haroyan explicando a situação do jogador. Alexis Kouyias afirma que o jogador está “impossibilitado” de viajar para a Europa, e também revelou uma preocupação com as proporções da batalha.

João Felix

O zagueiro de 28 anos já disputou 51 jogos internacionais pela seleção da Armênia. Atualmente, ele estava sem clube, depois de sair do Ural Ecaterimburgo, da Rússia, neste mês. Na última temporada, atuou em 20 partidas, marcou um gol e deu duas assistências.

Em destaque