Carregando

Buscar

Futebol

Botafogo divulga detalhes da venda de Luis Henrique ao Olympique de Marselha

Compartilhe

Por meio de vídeo no canal oficial do Botafogo, o Comitê Executivo de Futebol do clube apresentou nesta quarta-feira (30) os detalhes da negociação de Luis Henrique com o Olympique de Marselha. Luis estava emprestado pelo TAC, de Três Passos-RS. O Alvinegro tinha 40% dos direitos econômicos ligados ao atleta. 

De acordo com o Botafogo, a venda foi no valor de oito milhões de euros (R$ 52 milhões). A proposta foi feita diretamente para o TAC por 70% dos direitos de Luis. Sendo assim, o Botafogo teria direito a 3,2 milhões de euros e 12% de participação em venda futura do atleta pelo clube francês.

“O clube negociou para receber 3.904.362,95 euros e ficar com 5% dos direitos e não ter que pagar a bonificação de R$ 1 milhão (156 mil) ao atleta”, informou a nota feita pelo Botafogo. Carlos Augusto Montenegro, membro da cúpula, afirmou que o dinheiro serviu como alívio para os cofres do clube.

João Felix

“Esse jogador gerou uma renda fabulosa ao clube, que está nos permitindo chegar ao final do ano. Quem conduziu o negócio foi o presidente do TAC, o Botafogo não tinha condição de fazer nada… Nós protegemos o dinheiro o tempo todo com o risco de penhoras e vários problemas que poderiam surgir, por isso só estamos falando hoje. Agora o dinheiro já entrou e os compromissos foram saldados”, disse.

Ao analisar a cotação atual, o valor recebido pelo Botafogo resulta em mais de R$ 25 milhões, ou seja, é a maior transação da história do clube. O valor também serviu para investir diretamente no elenco atual. Matheus Babi, destaque do ataque, teve mais 10% dos seus direitos adquiridos pelo Alvinegro após o dinheiro recebido. Agora, o clube detém 40% dos direitos do atleta, enquanto o Serra Macaense possui 30%.

Em destaque