Carregando

Buscar

Futebol

Marinho comenta ausência na lista de Tite: “Não sou um Neymar, mas sempre me dediquei”

Compartilhe

A convocação de Tite para o começo das Eliminatórias da Copa de 2022 não agradou a todos. Um dos nomes deixados de fora, Marinho, demonstrou insatisfação com a ausência na lista da seleção brasileira. Atualmente o atacante lidera o Campeonato Brasileiro em assistências (4) e é o segundo com mais gol (7).

Em entrevista ao programa “Bem Amigos” do SporTV, Marinho começou falando sobre sua reputação de “engraçado”.  “Chegou uma hora que o Marinho era muito visto pelas brincadeiras. Marinho fazia gol e tinha que colocar nome (no gol). Se fosse agora, teria que ficar pensando para arrumar nome de gol, porque Deus tem me abençoado”, disse.

“Marinho não mudou de pessoa, não deixei de ser um cara engraçado, mas queria trazer esse lado do Marinho em campo, que as pessoas olhassem para mim e obtivesse respeito de uma maneira diferente. Marinho de almejar a seleção brasileira. Marinho de o treinador da Seleção olhar porque é um cara dedicado, um bom jogador. Não sou um Neymar, mas sempre me dediquei e honrei a camisa. É um sonho, sim, vestir a camisa da Seleção e estar me dedicando como sempre”, completou.

João Felix

Em destaque