Carregando

Buscar

Futebol

Jonathan Silva, ex-lateral do Botafogo, é detido na Espanha acusado de agredir a esposa

Compartilhe

O lateral-esquerdo Jonathan Silva foi liberado na manhã desta terça-feira após passar a noite detido acusado de violência de gênero na Espanha. O ex-jogador do Botafogo, que foi contratado pelo Las Palmas na última semana, teria agredido a esposa em um hotel.

A mulher, que não teve a identidade revelada, não prestou queixa. A denúncia foi realizada por funcionários e hóspedes do hotel. Jonathan depôs o Tribunal de Las Palmas de Gran Canario e foi liberado em seguida. Ele estava acompanhado de seu empresário.

A sentença será dada nos próximos dias. O jogador, no entanto, ainda não se posicionou. Já o clube, emitiu um comunicado oficial condenando e rejeitando qualquer tipo de violência e, claro, a violência de gênero. Ainda ressaltou que a situação tem a ver com a vida pessoal do atleta e não está relacionada às atividades esportivas ou com a equipe.

João Felix

“Atendendo aos fatos conhecidos ontem, em relação ao jogador do UD Las Palmas Jonathan Silva, o clube pretende afirmar o seguinte: O UD Las Palmas condena e rejeita veementemente qualquer tipo de violência e, claro, a violência de gênero. A prisão do jogador Jonathan Silva ocorreu em consequência de acontecimentos que afetam a sua vida privada e em nenhum caso estão relacionados com a atividade desportiva do referido jogador ou com a UD Las Palmas. A autoridade judiciária, após se manifestar, liberou o jogador e dará sentença nos próximos dias”.

Jonathan foi revelado pelo Nova Iguaçu e chegou ao Botafogo no início de 2019. Em agosto do mesmo ano foi vendido ao Almeria, da segunda divisão espanhola, e, na última semana, foi emprestado ao Las Palmas por uma temporada.

Em destaque