Carregando

Buscar

Futebol

Geromel e Kannemann testam positivo para Covid-19 e estão fora do confronto da Libertadores contra a Universidad Católica

Compartilhe

Horas antes do confronto contra o Universidad Católica, pela Libertadores, o Grêmio divulgou os resultados dos testes de Covid-19 e informou que dois atletas deram positivo para a doença. Os zagueiros Pedro Geromel e Walter Kannemann não estarão à disposição de Renato Portaluppi para o duelo desta terça-feira.

Em um comunicado oficial, o clube gaúcho informou que 81 exames foram realizados, entre atletas, comissão técnica, equipe de apoio e funcionários do CT, e que apenas a dupla de zaga foi diagnosticada com o vírus. Ambos estão isolados, assintomáticos e farão quarentena de 15 dias conforme o departamento médico do Tricolor.

Confira o comunicado na íntegra:

O Grêmio cumpriu mais uma etapa do protocolo estabelecido pela Conmebol, que visa a segurança sanitária para prevenção da COVID-19 entre atletas, comissão técnica, equipe de apoio e funcionários do CT, com a realização de 81 novas testagens para o jogo desta terça-feira (29/10) na Arena, pela Copa Libertadores da América, contra a Universidad Católica.

O Clube informa que do total de 81 coletas realizadas na última sexta-feira, pelo método RT-PCR, 79 apresentaram resultados negativos. Dois exames tiveram resultados positivos. São eles: os zagueiros Kannemann e Geromel. Os atletas estão isolados, assintomáticos e farão quarentena de 15 dias conforme o departamento médico do Tricolor.

Desde maio, quando iniciaram os protocolos estabelecidos pela Confederação Brasileira de Futebol, Federação Gaúcha de Futebol e Conmebol, o Grêmio já totalizou 2019 testes em atletas, comissão técnica e funcionários envolvidos com o departamento de futebol profissional.

João Felix

Em destaque