Carregando

Buscar

Futebol

Landim fala sobre surto de Covid no Flamengo e adiamento de partida

Compartilhe

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, participou de uma entrevista no “Sportv” e comentou sobre o surto de Covid-19 na delegação do Flamengo. O dirigente também falou sobre o pedido de adiamento da partida contra o Palmeiras, neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro. 

Landim afirmou que entrou com o pedido de adiamento, não por conta do número de jogadores disponíveis, mas sim pelo risco de contaminação aos demais atletas.

– A info que a gente tem dos nossos infectologistas é que eles poderão durante cinco dias estarem com o teste positivo, exatamente pelo convívio que eles tiveram agora. Essa é a razão que o Flamengo pediu a suspensão do jogo. Até segunda ou terça da semana que vem todos são potenciais contaminados, dando positivo ou negativo antes do jogo. A discussão (do adiamento) não é o número de jogadores, mas sim o período de infecção que a gente tem. Até segunda ou terça, todos são potenciais de contaminação. Não foi um, são 16 jogadores e um monte do staff. É insano essa discussão – disse.

Os casos confirmados no Flamengo também foi outro assunto comentado. O dirigente destacou que levou testes rápidos e falou sobre os protocolos usados para conter a disseminação do vírus.

– O protocolo da Conmebol você testa dias antes. Essa foi a razão da gente levar testes rápidos na mala também. A gente sabe que ia ter esse tipo de problema. Você tenta criar os protocolos para diminuir o risco, mas não tenho dúvida nenhuma que por envolver o fato do tempo maior, o risco de um jogo da Conmebol é maior do que jogador um jogo do Brasileiro – afirmou.

Outro assunto bastante polêmico é a volta do público nos estádios. O Flamengo se mostrou a favor dos jogos com torcida. Landim afirmou segue com a mesma opinião, mas que vai aguardar a decisão das autoridades.

– A postura do Flamengo em relação a isso não muda porque sempre foi a mesma. Sempre foi é de quem deve decidir sobre isso são as autoridades. O Flamengo é apoiador da volta ao público dos estádios se assim for determinado pelas autoridades de saúde. Quem deve decidir isso são as autoridades de saúde dos estados e municípios – completou.

O Flamengo entra em campo neste domingo, contra o Palmeiras, caso não haja o adiamento. Na próxima quarta, o Rubro-Negro terá o confronto com o Independiente Del Valle, pela Libertadores.

Em destaque