Carregando

Buscar

Futebol

Galo oferece mais que o Grêmio ao Cavani, mas uruguaio pede o dobro

Compartilhe

O Atlético-MG tentou aprontar no mercado da bola. O clube mineiro ofereceu ao Cavani uma fortuna jamais oferecida por um clube brasileiro. A oferta foi nada menos do que R$ 2,3 milhões por mês (14 milhões de euros por três anos ou R$ 30 milhões anuais). Porém, o estafe do atleta pediu mais do que o dobro, segundo o “GE”.

Em relação à proposta do Grêmio, o valor do Galo foi 2 milhões de euros acima. Cavani ainda tem o desejo de disputar uma Liga dos Campeões, o que dificulta ainda mais para qualquer clube brasileiro contar com ele.

Foto: Getty
João Felix

A viabilidade econômica viria da família Menin, responsável por quase todas as contratações de peso da era Sampaoli. Apesar disto, a pedida de Cavani foi de R$ 64 milhões anuais, em um contrato de três anos. Ao todo, o Galo teria que desembolsar incríveis R$ 192 milhões.

Só para se ter uma noção de mercado, a maior contratação da história do futebol brasileiro foi a de Gabigol para o Flamengo, que desembolsou cerca de R$ 78 milhões.

Em destaque