Carregando

Buscar

Futebol

Caboclo em reunião sobre volta do público: ‘O Brasileiro não vai ser refém de um clube como no Carioca’

Compartilhe

A reunião para debater a volta de público nos estádios terminou em clima tenso. Segundo o jornalista Paulo Vinicius Coelho, o presidente da CBF, Rogério Caboclo se exaltou e alfinetou a Federação do Rio de Janeiro e o Flamengo.

– O Brasileirão não vai virar refém de um único clube, como foi no Carioca – teria dito o dirigente.

João Felix

De acordo com o jornalista, Caboclo teria se irritado com o tempo de discurso do presidente da Ferj, Ruben Lopes, se ausentando por 10 minutos da reunião. Ao retornar e notou que o dirigente carioca ainda estava falando. A partir daí, o os nervos se exaltaram.

A CBF, desde o início da discussão, afirmou que só autorizaria a volta de público nos estádios com a aprovação de todos os municípios com equipes da Série A. Uma data em estudo seria a de 7 de novembro, início do segundo turno.

Em destaque