Carregando

Buscar

Futebol

Secretário-geral da CBF é contra o adiamento de Palmeiras x Flamengo

Compartilhe

O secretário-geral da CBF, Walter Feldman, falou à ”Rádio Bandeirantes” sobre o pedido de adiamento para a partida entre Palmeiras e Flamengo, em São Paulo. O dirigente entende que este deve ser negado e lembrou que o alto número de inscritos na competição serve justamente para evitar adiamentos por contaminação de Covid-19.

”Já fizemos quase 300 jogos com rigor absoluto na área de segurança sanitária, testes antes e depois, e não é só a Série A, a B, a D, nos mais profundos rincões do Brasil e tudo absolutamente perfeito. Com protocolo sendo atendido. E respeitando que, quando clube tem os seus infectados, ele separa (jogadores) e continua jogando. A não ser que não tenha plantel mínimo para poder entrar em campo e fazer a substituição. Não é o caso do Flamengo agora. O Flamengo tem 40 inscritos, por mais que tenha número elevado, ainda tem plantel bastante viável. Então deve acontecer o jogo”, disse Feldman.

”Estou apenas adiantando a lógica que a CBF tem adotado. Deve ser aplicada nesse jogo também. Deve acontecer a resposta oficial nas próximas horas. Mas a tendência é essa”, completou.

João Felix

Questionado sobre a imparcialidade da entidade, Feldman lembrou: ”Para nós da CBF não tem isso. Goiás, Flamengo, Atlético-MG, Bahia, todos são tratados de forma absolutamente igualitária”. A partida está marcada para o próximo domingo, às 16h.

Em destaque