Carregando

Buscar

Futebol

MP do Ceará cobra explicação por suposto público no Castelão

Compartilhe

Uma suposta quebra de protocolo sanitário está sendo analisada pelo Ministério Público do Ceará. Um ofício foi enviado para o Fortaleza e para a administradora do Castelão para pedir explicações por um aparente público nas arquibancadas em partida contra o Inter.

Tudo começou quando o VP do Internacional, Alessandro Barcelos, denunciou a presença de mais de 80 pessoas nas arquibancadas do Castelão, na derrota do Colorado por 1 a 0, no último sábado, pelo Campeonato Brasileiro.

Foto: Twitter
João Felix

O Fortaleza, logo na sequência da denuncia, emitiu uma nota afirmando que as pessoas eram credenciadas e faziam parte da colaboração do jogo.

“O Fortaleza Esporte Clube vem cumprindo com todo o protocolo estabelecido pela CBF em dia de jogos. Reiteramos ainda que seguimos rigorosamente o protocolo do Governo do Estado, além das diretrizes da CBF, com o acompanhamento direto da diretoria responsável”, disse um trecho.

“A relação com todos que trabalham em dia de jogos é enviada para a CBF e conferida atentamente na checagem que acontece na Arena Castelão para a distribuição dos crachás de acesso”, finalizou.

Em destaque