Carregando

Buscar

Futebol

Governo de São Paulo veta presença de público nos estádios

Compartilhe

O Governo de São Paulo foi contra a decisão da CBF de permitir a volta do público dos estádio e vetou a medida no estado. Após uma reunião com as autoridades de saúde, ficou definido que as partidas do Campeonato Brasileiro e o jogo da seleção brasileira contra a Bolívia pelas Eliminatórias serão com portões fechados.

A decisão vai de encontro com a ideia da CBF de ter público nos estádios a partir de outubro. Em uma entrevista coletiva, os órgãos de saúde de São Paulo informaram que não haverá torcida nos jogos por conta do alto índice de contaminação.

Segundo o coordenador do Centro de Contingência de Combate ao Coronavírus, José Osmar Medina, houve uma reunião na última terça para discutir a medida da CBF e, de maneira unânime, a decisão foi de manter a restrição.

– Não se recomenda a retomada de público em eventos associados a grandes aglomerações, como nas partidas de futebol. É uma decisão técnica – explicou o coordenador.

O governador João Dória destacou que não há pressa para liberar o público nos estádios. O político afirmou que a prioridade é de preservar vidas.

– Aqui em São Paulo não há pressão política, econômica, partidária, assim como não há do esporte. A missão do governo de São Paulo é preservar a vida de todos: jogadores, técnicos e jogadores – disse Dória.

Em destaque