Carregando

Buscar

Futebol

Neto diz ser um dos maiores especialistas em faltas do mundo e critica batedores da atualidade

Compartilhe

Por meio de seu canal no YouTube, o ‘Craque’ Neto falou sobre sua especialidade em bater faltas ao longo da carreira. Citando grandes ídolos do futebol brasileiro, Neto afirmou ter se tornado um dos melhores batedores de falta da história do esporte. Para não perder o costume, ainda fez árduas críticas aos cobradores da atualidade.

“Eu sempre via o Zico, Roberto Dinamite, Éder, Nelinho. Esses caras sempre foram as minhas referências na bola parada. Eu sempre bati bem na bola, desde molequinho, mas eu não tinha noção que eu era um especialista em bola parada. O cara que mais me inspirou foi o Zico. Virei um dos maiores cobradores de falta de todos os tempos”, comentou.

“Eu acho que sou um dos maiores especialistas em bola parada do mundo. Poucos jogadores do mundo fizeram gols como eu fiz no Maracanã, no Pacaembu, no Morumbi. Poucos jogadores, hoje, com 54 anos, batem na bola como eu bato. Isso foi um algo a mais que tive na minha carreira, e que foi importantíssimo para o Corinthians ser campeão em 1990”, disse ele.

João Felix
Foto: Site oficial/Craque Neto 10

Em seguida, Neto criticou os jogadores da atualidade. “Hoje, você não tem um desgraçado, um lazarento, para bater uma falta. Não tem um jogador hoje que você fala: ‘agora vai sair um gol de bola parada’. Por quê? Porque eles não treinam, ganham muito dinheiro, não gostam de bater na bola e fazer paredão; eles não gostam de futebol. A verdade é que eles estão dentro do campo porque é a profissão deles. Eles não gostam de jogar bola como eu gostava”, encerrou.

Em destaque