Carregando

Buscar

Futebol

Ídolo do Cruzeiro, Fábio rebate críticas e diz: “Não falta vergonha na cara”

Compartilhe

O Cruzeiro vive um momento delicado na temporada. Após derrota para o CSA, torcedores do clube criticaram a atuação de Fábio e afirmaram que o goleiro foi co-responsável no placar de 3 a 1 na Série B. O ídolo da Raposa não gostou das manifestações e publicou um desabafo em suas redes sociais. 

O camisa 1 cruzeirense postou comentários sobre o momento da equipe e disse estar “sentindo dor do torcedor”. Além disso, afirmou que há cobranças externas e internas para haver melhorias, mesmo que elas não sejam divulgadas ao público.

View this post on Instagram

NOTA ⚽️ #cruzeiro

A post shared by Fabio Goleiro (@fabiogoleirooficial) on

“O que dizer? Cobranças sempre existiram na minha vida, respeito, leio, escuto, me cobro, fico pensativo, que por mais que você faça nunca será o suficiente, mas não desisto. Não meçam ou julguem a dor que sinto em ver o Cruzeiro como está, a minha vida nesses últimos 16 anos esteve entrelaçada ao Cruzeiro, então saibam que sinto sim a dor de um torcedor, me esforço e treino todos os dias com muita vontade e dedicação, não tem um dia que não dou o máximo nos treinos, sempre falei que irei até o fim para ver o Cruzeiro no lugar que nunca deveria ter saído”, disse Fábio na publicação do Instagram. 

João Felix

Fabio ainda falou que não deve expor os bastidores internos do Cruzeiro para evitar mais problemas e ainda defendeu o elenco, dizendo que todos estão se dedicando e fazendo seu melhor.

“Não vou expor o que faço internamente, não pensem que não há cobranças, não pensem que não há esforços, não pensem que não sofremos pelo momento, tem coisas que falo, mais tem outras que não precisam ser expostos, vivo bastidores há 23 anos e tenho maturidade do que falar ou não!!! Peço a Deus por esse Clube, faz parte da minha vida, estou triste em ver o Cruzeiro nessa posição, luta e busco uma direção para sairmos dessa situação todos os dias, tenho amor e gratidão enorme pelo Cruzeiro e ninguém vai tirar esse sentimento. Entendam, não expor os bastidores, não quer dizer que não está havendo cobrança, vontade, garra e vergonha na cara. Vou sempre lutar pelo Cruzeiro”.

Em destaque