Carregando

Buscar

Futebol

Autoridades suspeitam de Luis Suárez cometer fraude em exames para tirar cidadania italiana

Compartilhe

Como noticiado primeiramente pelo “La Repubblica” e posteriormente por maiores veículos como o “Marca” e a “Gazetta dello Sport”, Luis Suárez está sendo investigado por uma possível fraude no exame pelo qual passou em Perugia para conseguir cidadania italiana, fato que iria facilitar sua ida para a Juventus. O caso está sendo comandado pela Guarda de Finanças da Itália, uma espécie de polícia especial do Ministério da Economia e Finanças e o Ministério Público de Peguria.

 

O exame linguístico foi realizado na Universidade para Estrangeiros de Perugia e o atacante ainda não conseguiu obter o documento. As investigações mostram que as perguntas já haviam sido combinadas, assim como as notas que já teriam sido definidas antes mesmo de Suárez realizar o exame. Dois nomes da universidade estão entre os suspeitos: Simone Olivieri, diretor geral, e Giuliana Grego Bolli, reitora.

Suárez em Perugia, onde realizou os exames (Imagem: EFE)

Os documentos começaram a ser recolhidos nesta terça-feira (22) e foram enviadas notificações de investigação. Por meio de comunicado, o Ministério Público afirmou que Suárez mostrou em aulas a distância um conhecimento elementar no idioma. O atacante movimentou a imprensa italiana e espanhola no último mês após ter sua saída confirmada do Barcelona.

Em destaque