Carregando

Buscar

Futebol

Áudios divulgados pelo UOL mostram acusações de Argel Fuchs pós-saída do CSA: “Bandido número um”

Compartilhe

Um material divulgado pelo “UOL Esporte” nesta segunda-feira (21) mostrou áudios exclusivos do treinador Argel Fuchs falando sobre sua saída do CSA que aconteceu na última quinta (17). Em alto e bom som, Argel acusa Rodrigo Pastana, novo diretor executivo de futebol do clube, de levar dinheiro de jogadores e empresários.

Argel agradece a Rafael Tenório, presidente do CSA, pela demissão. Com isso, não teria mais que trabalhar ao lado de Pastana. O treinador e o diretor executivo já haviam trabalho juntos em duas ocasiões: Figueirense, em 2014, e Coritiba, em 2019. No segundo caso, Argel estava desde 2018 no cargo e foi demitido dois meses depois da chegada de Pastana. O CSA confirmou a chegada dele na noite de domingo (20), dia em que Fuchs gravou os áudios.

“Eu venho aqui comunicar a vocês que eu não faço mais parte da equipe do CSA porque eu não trabalho com vagabundo, pilantra, com sem vergonha, safado, com um diretor executivo que leva dinheiro do jogador, leva dinheiro do empresário e faz esquema com eles”, disse Argel em um dos áudios. Em outra gravação, agradece ao presidente Tenório pela oportunidade e o avisa para tomar cuidado. Confira abaixo:

João Felix

Em destaque