Carregando

Buscar

Futebol Stick

Andrés ameaça tirar Corinthians do Brasileirão caso público volte só no Rio

Compartilhe

A Prefeitura do Rio de Janeiro, junto com a Ferj, agita o retorno do público aos estádios cariocas para outubro, mais precisamente, para o dia 4, no confronto entre Flamengo e Athletico-PR. Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, não viu isto com bons olhos.

“O Corinthians só aceita a volta do público aos estádios se todos os times da Série A tiverem a mesma oportunidade, independente do estado ou cidade. Se não forem as mesmas condições pra todos não entraremos em campo”, reclamou em seu Twitter.

João Felix

Para que a liberação da torcida ocorra, a CBF precisa dar o aval técnico. Porém, Andrés já anunciou à entidade que o Corinthians é contra a medida para apenas um estado, já que, segundo ele, isso feriria a isonomia do Campeonato Brasileiro.

Em destaque