Carregando

Buscar

Futebol

Jorge Jesus desmente má relação com o Flamengo e afirma: “Não é ódio, é amor”

Compartilhe

A eliminação do Benfica na fase preliminar da Liga dos Campeões não causou alvoroço só na Europa. Isso se deve ao fato de que muitos torcedores do Flamengo, ex-clube de Jorge Jesus, não perderam a oportunidade de comentar sobre o fracasso do português que foi tão bem sucedido no Rio de Janeiro. Quando questionado, ‘JJ’ negou qualquer tipo de mágoa com a torcida.

Apesar de muitos torcedores sustentarem a gratidão pelo ‘Mister’, outros se magoaram com sua saída do clube. Por conta disso, a eliminação serviu como motivo de zoação nas redes sociais. Em entrevista coletiva, Jorge Jesus afirmou não ter relação de amor e ódio com flamenguistas, afirmando que o único sentimento presente é o do amor.

“Está enganado. É amor. Eram 50 milhões que me amavam, eram 70 mil que gritavam o meu nome em todos os jogos. Não é ódio, é amor. Deixei o Brasil por outro projeto, para um grande clube também… não acredito que torcedores do Flamengo estejam na torcida para o Benfica perder, isso tem um motivo, e sei qual é o motivo [risos]”, disse ele.

João Felix

Jesus encerrou o assunto valorizando seu trabalho no Flamengo. “Não queria falar muito disso, porque é um clube que me marcou muito, foi onde conquistei os títulos mais importantes da minha carreira. Não vou esquecer isso. Às vezes quando amamos muito… você perde aquilo que mais gostava, então entendo isso perfeitamente”.

Em destaque