Carregando

Buscar

Futebol

Forbes indica que Lionel Messi se tornou segundo bilionário do futebol; Cristiano Ronaldo foi o primeiro

Compartilhe

De acordo com a revista “Forbes”, Lionel Messi entrou em um seleto grupo que anteriormente só tinha um membro. O material divulgado pela revista afirma que com as arrecadações da temporada passada, Messi atingiu a marca de um bilhão de dólares (R$ 5 bilhões) na carreira, se juntando assim a Cristiano Ronaldo como os únicos jogadores de futebol a chegar na casa do bilhão.

O argentino é o quarto atleta a atingir a marca de um bilhão de dólares de faturamento, os outros três são: Tiger Woods (golfista), Floyd Mayweather (boxeador) e Cristiano Ronaldo. Michael Jordan é outro atleta que atingiu a marca bilionária, no entanto, só conseguiu após encerrar a carreira dentro do basquete por conta de acordo com a Nike.

A publicação indica que Messi foi o atleta mais bem pago em 2020 com 126 milhões de dólares (R$ 664 milhões), sendo 92 de salários e 34 por contratos de publicidade e outras fontes. CR7 vem em segundo com 117 milhões de dólares e Neymar Jr. em terceiro com 96. Kylian Mbappé fica em quarto (42) e Mohamed Salah em quinto (37).

João Felix

Os dez atletas mais bem pagos no ano somam um faturamento de 570 milhões de dólares. Portanto, mesmo com a pandemia de coronavírus, houve um aumento de 11% em comparação com 2019. Paul Pogba (34), Antoine Griezmann (33), Gareth Bale (29), Robert Lewandowski (28) e David De Gea (27) completam o ranking.

Em destaque