Carregando

Buscar

Futebol

Presidente do Atlético-MG pretender ir à CBF reclamar da arbitragem

Compartilhe

O Atlético-MG é mais um clube que ficou na bronca com a arbitragem neste Campeonato Brasileiro. Em uma entrevista no Instagram do Mineirão, o presidente do Galo, Sette Câmara, afirmou que entrou com uma reclamação na CBF.

Durante a entrevista, o dirigente destacou que o Atlético-MG foi prejudicado na derrota para o Santos, por 3 a 1, na última quarta. Para o cartola, a expulsão do goleiro Rafael no começo da partida foi injusta.

João Felix

– Achei que tínhamos tudo para sair com uma vitória de lá. Atlético sufocou até os 20 minutos, até acontecer a infelicidade do passe errado, depois a expulsão do Rafael que não concordei, principalmente vendo com calma as imagens. Fica claro que o jogador do Santos forçou a falta, e nem estava indo em direção ao gol – disse.

Sette Câmara também disse que já entrou com uma reclamação na CBF e marcou uma audiência para a próxima quarta-feira. O dirigente afirmou que o Atlético-MG briga pelo título e não pode ser prejudicado pela arbitragem.

– Fizemos um formulário de reclamação na CBF, no caso, na comissão de arbitragem, e pedi uma audiência na quarta-feira que vem para a gente conversar sobre isso. Não vamos aceitar que o Atlético seja prejudicado no decorrer do campeonato, porque temos convicção de ter condições de brigar pelo título – completou.

Em destaque