Carregando

Buscar

Futebol

Toni Kroos acredita que Löw não atenderá pedido de Müller para retornar à Seleção

Compartilhe

Há um ano, o treinador da Alemanha, Joachim Löw, afirmou que não contaria mais com três grandes nomes da Seleção. Eram eles: Jerome Boateng, Mats Hummels e Thomas Müller. O intuito é dar mais minutos para jogadores jovens visando uma reformulação no elenco. No entanto, recentemente Müller demonstrou interesse em voltar a ser convocado. Contudo, seu ex-companheiro Toni Kroos acredita que não será fácil.

Em entrevista ao veículo “Bild” antes da partida de domingo contra a Suíça, o meio-campista do Real Madrid afirmou que será difícil fazer Joachim Löw voltar atrás em sua decisão. “Sinto que ele não vai recuar. Löw não descartou os três campeões mundiais por qualidade técnica, mas sim para tomar uma nova direção, começar uma mudança e confiar nos jovens. Thomas teve uma ótima temporada, mas o treinador não está apenas preocupado com a fase de hoje, mas sim como o projeto para os próximos anos”, disse.

Kroos ainda comentou sobre Kai Havertz, contratado do Chelsea e uma das novas caras da seleção alemã. “Se (Havertz) continuar assim, será difícil detê-lo. Mas não há garantias e sempre há contratempos pelo caminho. Kai tem grande qualidade. Se ele aproveitar ao máximo, pode se tornar um elemento muito importante para a equipe alemã”, concluiu.

João Felix

Em destaque