Carregando

Buscar

Futebol Stick

Sanchez diz que não contrataria um técnico estrangeiro e gostaria de ver Ceni no Corinthians

Compartilhe

O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez concedeu uma entrevista ao jornalista Benjamin Back e não desviou de polêmicas. O dirigente afirmou que jamais contrataria um treinador estrangeiro para o clube, ao fazer uma análise da passagem de Jorge Jesus no Flamengo.

– Os treinadores daqui não devem nada a Jorge Jesus – disse Sanchez, que também afirmou que os comentários sobre o técnico português foram superestimados.

Sanchez também afirmou que gostaria de ver Rogério Ceni, ídolo no rival, São Paulo, como treinador no Corinthians. Além disso, o dirigente não poupou críticas a Fábio Carille e ao ex–zagueiro Chicão.

– Ceni seria um grande técnico aqui. Eu tenho um problema pessoal seríssimo com Carille e Chicão entrou com um processo judicial contra o Corinthians, foi covarde – completou.

Em destaque