Carregando

Buscar

Futebol

Cruzeiro é acionado pela Fifa em dívida de R$ 16 milhões por Rodriguinho

Compartilhe

Mais uma dor de cabeça para o torcedor do Cruzeiro. De acordo com o “Globoesporte.com”, o Pyramids, do Egito, entrou com uma ação na Fifa cobrando R$ 16 milhões em uma negociação envolvendo o meia Rodriguinho.

Em 2019, as duas equipes fecharam um acordo de 7 milhões de dólares (R$ 40 milhões) pelo jogador. Somando as parcelas vencidas e as restantes, o clube mineiro ainda deve cerca de 3 milhões de dólares. Em janeiro de 2022 vence mais uma parcela, conforme destacou o portal.

O “Globoesporte.com” ainda destacou que o Cruzeiro fez um acordo ilegal com o clube egípcio para o pagamento da última parcela ao ceder direitos econômicos de atletas. A Raposa repassou 20% dos direitos do zagueiro Murilo, do atacante Raniel e do atacante Vinícius Popó.

João Felix

E, ao que tudo indica, os processo não vão parar por aí. A diretoria do Cruzeiro ainda espera novas ações envolvendo as contratações de Arrascaeta e Riascos, além de conversas a respeito de dívidas com o ex-treinador do clube Paulo Bento e sua comissão técnica.

Em destaque