Carregando

Buscar

Futebol

Santos vai à CBF e pede limite de tempo nas decisões do VAR, afirma dirigente

Compartilhe

Nas duas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro, houve muita reclamação do Santos ao VAR. Em entrevista à “Rádio Bandeirantes”, Pedro Doria, dirigente do Peixe, afirmou que entrou com uma reclamação na CBF por conta da demora do árbitro de vídeo. O cartola pede que um limite de tempo seja imposto para que uma decisão seja tomada.

– Encaminhamos ofícios com vários materiais levantado pela análise de desempenho mostrando situações, questionamentos. Resultado não muda, mas clamamos por mais critérios, regulamentos mais tratados. Se em cinco minutos não se define, não podemos esperar mais tempo. É inadmissível. Precisa ter um tempo balizador. Se em dois ou três minutos não se tomou decisão, decisão é do árbitro – disse.

João Felix

Nas partidas contra Flamengo e Vasco, o Santos teve quatro decisões contrárias por parte do VAR. Contra o Rubro-Negro, foram dois gols anulados e acabou derrotado. Já no jogo diante do cruzmaltino, os tentos do adversário foram validados pelo árbitro de vídeo e as equipes ficaram no empate.

Em destaque