Carregando

Buscar

Futebol

Marinho diz que não foi provocar o VAR na comemoração: “Querem criar polêmica”

Compartilhe

Depois do primeiro gol do Santos contra o Vasco na Vila Belmiro, Marinho foi comemorar separado de seus companheiros de equipe. O jogador correu para perto do VAR e parecia apontar em sua direção, mas depois garantiu que não houve qualquer tipo de provocação. A partida terminou empatada em 2 a 2.

O narrador da Rede Globo, Luís Roberto, chegou a se referir a ”provocação” de forma bem-humorada. Assim como Roger Flores, que elogiou a personalidade do atacante. O jogador, no entanto, afirmou que o gesto era para o fotógrafo da partida.

”Só passando para deixar bem claro, não fiz nada para provocar o VAR! Apenas avisei o nosso fotógrafo que o Lucas Veríssimo faria o gol após eu ir bater o escanteio! Então, não quero criar polêmicas sobre algo que possa me prejudicar”, disse em publicação nas suas redes sociais.

João Felix

A suspeita de provocação ao VAR se deu muito por conta do jogo do Santos no fim de semana. O time paulista enfrentou o Flamengo e teve dois gols anulados. No fim, acabou perdendo na Vila Belmiro por 1 a 0.

Em destaque