Carregando

Buscar

Futebol

Lothar Matthäus aponta dedo e critica Guardiola: “Egocêntrico que falhou várias e várias vezes”

Compartilhe

Em entrevista para o jornal alemão “Bild”, o ídolo do Bayern de Munique Lothar Matthäus não poupou critícas ao falar sobre Pep Guardiola. O atual treinador do Manchester City, que fracassou mais uma vez na busca pelo título da Liga dos Campeões depois de vários frente ao Barcelona, foi arduamente criticado pelo alemão que o chamou de egocêntrico.

Campeão mundial com a Alemanha em 1990, Matthäus afirmou que Guardiola quer sempre fazer algo especial. “Com Pep Guardiola eu tenho o sentimento de que ele sempre quer fazer algo especial em jogos de grande porte. O Barcelona tinha esse DNA, ele teve sucesso lá. Mas no Bayern e City, ele tentou várias e várias vezes e falhou várias e várias vezes”, comentou.

“Ele sempre quer mostrar que pode fazer melhor. Eu gostaria de avisá-lo: ‘Pep, você é um treinador gigante. Mas siga um padrão!’. Eu o descreveria como egocêntrico. É uma palavra dura, mas condiz com o que ele fez”, disse Matthäus ao longo da entrevista. “Ele colocou o Lewandowski para jogar nas pontas quando esteve no Bayern. Aquilo não funcionou”, acrescentou.

João Felix

Na eliminação do Manchester City frente ao Lyon, Pep Guardiola mudou o esquema que estava dando certo para tentar espelhar o adversário. Os ingleses saíram do 4-3-3 para atuar com três zagueiros, assim como os franceses. No entanto, a mudança custou mais um fracasso na Liga dos Campeões, desta vez em derrota de 3 a 1.

Em destaque