Carregando

Buscar

Futebol Stick

La Liga emite um comunicado sobre a situação contratual de Messi

Compartilhe

Um grande imbróglio envolvendo os direitos de rescisão de Messi vem dando o que falar. O argentino, junto de seu advogado, pretendem não arcar com o valor da multa rescisória de 700 milhões de euros (R$ 4,5 bi), com o argumento de que seu prazo para sair do clube sem os custos, que era de junho, se estendeu por conta do coronavírus.

A La Liga, por meio de sua assessoria, emitiu uma nota jogando a favor do Barcelona, isto é, protegendo a cláusula de rescisão em seu valor integral. A entidade reforça que não dará baixa em seu contrato, que vai até junho de 2021, caso os 700 milhões não sejam pagos ao clube.

João Felix

Confira a nota na íntegra:

Madrid, 30 de agosto de 2020. Sobre as diferentes interpretações (algumas contraditórias entre si) publicadas nos últimos dias em diferentes meios de comunicação, relacionadas com a situação contratual do jogador Lionel Andrés Messi com o FC Barcelona, ​​La Liga considera conveniente esclarecer que, uma vez analisado o contrato do jogador com o seu clube:

1) O contrato está atualmente em vigor e possui uma cláusula de rescisão aplicável caso Lionel Andrés Messi decida pela rescisão unilateral antecipada do contrato, efetuada de acordo com o artigo 16 do Real Decreto 1006/1985, de 26 de junho, que regulamenta a relação especial de trabalho de atletas profissionais.

2) Em conformidade com os regulamentos aplicáveis, e seguindo o procedimento correspondente nestes casos, a La Liga não realizará o processo de visto prévio para o jogador a ser retirado da federação se este não tiver pago previamente o valor da referida cláusula.

Em destaque