Carregando

Buscar

Futebol

Jornal afirma que cláusula de 700 milhões de Lionel Messi não existe

Compartilhe

O capítulo mais recente da novela entre Lionel Messi e Barcelona envolve um fato que poucos esperavam. De acordo com o jornal “Cadena Ser”, a cláusula rescisória de 700 milhões de euros que o argentino está tentando tirar do seu contrato aparentemente não existe. O veículo informou que cláusula só tem validade nos primeiros três anos após a renovação do jogador.

O último contrato assinado por Lionel Messi foi em 2017, com três anos de validade e podendo ter mais um caso ativado pelo Barcelona. No entanto, o veículo afirma que a tão falada cláusula de 700 milhões de euros teve sua validade expirada em 2019. Com isso, a saída do jogador fica cada vez mais inclinada para acontecer.

João Felix

Se a informação for confirmada, Messi tem portas abertas para assinar com qualquer outro clube sem que precise ser pago o valor inalcançável para a maioria dos interessados. O atleta poderia também expor o caso e levá-lo para a justiça caso o Barcelona não cumpra com o acordo prévio.

Em destaque