Carregando

Buscar

Futebol

Polícia identifica e prende palmeirense que atirou e matou dois santistas depois do clássico

Compartilhe

Momentos de terror marcaram o pós-clássico paulista válido pelo Campeonato Brasileiro. Um palmeirense, que atirou e matou dois torcedores do Santos, foi identificado pela polícia em meio à confusão e preso nesta segunda-feira.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, o jovem de 21 anos foi encaminhado à Cadeira Pública de Santo André e ficará à disposição da Justiça. O autor tentou fugir assim que efetuou os disparos, mas o carro em que estava foi abordado pelas autoridades e ele confessou o crime.

Além dele, outros jovens que também participaram do confronto de torcedores palmeirenses e santistas foram ouvidos pela polícia, mas acabaram liberados. Eles estavam junto ao autor dos disparos que mataram os homens de 21 e 22 anos.

João Felix

A confusão aconteceu horas depois do jogo entre Palmeiras e Santos, que acabou com a vitória do Verdão. Durante a briga, um palmeirense acabou sacando uma arma e atirando em três torcedores rivais. Um deles foi atingido de raspão e não se feriu gravemente, mas os outros dois faleceram. Um dos mortos teve o nome revelado: Higor Matias Toledo. 

Em destaque