Carregando

Buscar

Futebol

Sem cânticos, Federação prepara retorno de torcida aos estádios na Inglaterra

Compartilhe

A pandemia de coronavírus não só afetou o calendário do futebol, como também influenciou em como ele retornou. Na Europa, onde o retorno foi um sucesso, a ambição agora é maior: trazer os torcedores de volta ao estádio. De acordo com jornal britânico “The Sun”, o Campeonato Inglês pretende regressar com público aos estádios a partir de outubro.

O plano, apesar de rigoroso, já se encontra nos detalhes finais para a confirmação do acordo. A ideia é contar com 25% da capacidade do respectivo estádio, sendo assegurado o distanciamento de, pelo menos, dois metros entre cada torcedor. A única exceção para essa distância é para o caso de os espectadores estarem em família.

Além disso, cada presente terá que assinar um formulário antes do início da partida, garantindo que não possui nenhum sintoma de Covid-19 e que não responsabiliza o clube por um possível contágio futuro. Os estádios ainda terão que assegurar a existência de saídas e entradas de sentido único, incluindo postos de desinfeção.

João Felix

A imposição mais curiosa se refere ao fato de que os torcedores não poderão emitir cânticos ao longo dos 90 minutos. A orientação tem intuito de evitar a propagação de partículas. Entre as cinco grandes ligas europeias, a Inglaterra é a terceira a projetar o retorno de torcedores. Alemanha e França são as outras. O futebol inglês está marcado para voltar no dia 12 de setembro.

Em destaque