Carregando

Buscar

Futebol

Rafael Moura rebate declaração de Daniel Alves e diz ser um dos contaminados; Atleta defende protocolos do Goiás

Compartilhe

Um dos principais jogadores do Goiás, Rafael Moura respondeu a postagem de Daniel Alves, jogador do São Paulo, após suspensão da estreia no Brasileirão. Em suas redes sociais, o são-paulino fez uma crítica à CBF devido ao protocolo de divulgação de resultados, e também pelo Goiás, pelo número de atletas infectados. 

O atacante esmeraldino, no entanto, não gostou da postura do rival e afirmou que o clube goiano toma todas as medidas para evitar a disseminação da Covid-19. He-Man confirmou que foi um dos jogadores que testaram positivo e que o restante da equipe também foi pega de surpresa com os resultados.

“Confesso que o Goiás tem seguido à risca todos os protocolos, somos testados toda semana, usamos máscaras nas dependências do clube, seguimos a cartilha fazendo o trajeto casa/ct - ct/casa já uniformizados e prontos para entrar em campo, após a medição da temperatura e passagem pela cabine de desinfecção (…) infelizmente estamos expostos ao vírus invisível, e pode acontecer com qualquer atleta que está disposto a sair de casa e exercer sua profissão”

Rafael Moura
João Felix

Além de Rafael Moura, outros sete jogadores que seriam titulares também não apareceram na escalação oficial para a estreia no Campeonato Brasileiro. Com isso, especula-se que estes sejam os diagnosticados com coronavírus: Tadeu, Fábio Sanches, David Duarte, Jefferson, Sandro, Ratinho e Keko

Devido ao alto número de casos, o Goiás entrou com uma ação no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pedindo o adiamento da partida e teve o pedido acatado poucos minutos antes do horário previsto para a bola rolar. O presidente, inclusive, disse que o time só irá embarcar para a partida da segunda rodada com os resultados dos testes em mãos.

Em destaque