Carregando

Buscar

Futebol

Willian se despede da torcida do Chelsea com carta aberta; veja

Compartilhe

Depois de sete anos jogando pelo Chelsea, William se despediu do clube por meio de uma carta aberta à torcida. O jogador assinou com o Arsenal, rival londrino dos Blues. 

No depoimento aos torcedores sobre sua passagem, o meia se mostrou muito grato pelo tempo que passou no time: ”Evolui muito, me tornei um jogador melhor, uma pessoa melhor. Em cada treino, em cada jogo, em cada momento no vestiário eu aprendi. Agradeço muito aos torcedores do Chelsea pela forma carinhosa que me receberam e me trataram ao longo desse período”.

João Felix

No fim da declaração, o brasileiro lembrou: ”Sei que venci e dei o eu melhor vestindo essa camisa em todos os momentos”. Veja a carta na íntegra:

”Foram sete anos fantásticos. Em agosto de 2013 quando eu recebi a proposta do Chelsea, eu tive certeza que era ali que eu tinha que jogar. Hoje estou certo de que tomei a melhor decisão. Foram muitos momentos felizes, alguns tristes, títulos e sempre momentos muito intensos!

Mias do que títulos, eu conquistei muito aprendizado. Evolui muito, me tornei um jogador melhor, uma pessoa melhor. Em cada treino, em cada jogo, em cada momento no vestiário eu aprendi.

Agradeço muito aos torcedores do Chelsea pela forma carinhosa que me receberam e me trataram ao longo desse período. Também sofri críticas, o que é natural. Mas o importante é que tanto o carinho como as críticas foram sempre meu combustível para eu dar o meu máximo em cada treino, em cada jogo e evoluir até o último minuto que eu vesti essa camisa.

Agora chegou o momento de ir embora. Tenho certeza de que vou sentir muita falta dos meus companheiros, dos torcedores e de todos os funcionários do clube, que sempre me trataram como um filho. Mas saio de cabeça erguida, pois Sei que venci e dei o eu melhor vestindo essa camisa em todos os momentos!

Obrigado a todos de coração e fiquem com Deus!”

Ver essa foto no Instagram

AN OPEN LETTER TO THE FANS OF CHELSEA FOOTBALL CLUB . . They were seven wonderful years. In August 2013 when I received the offer from Chelsea, I was convinced that this was where I had to play. Today I am certain that it was the best of decisions. There were so many happy times, some sad, there were trophies and it was always very intense. . . Yet, beyond the trophies, I learnt a lot about myself. I developed a great deal, becoming a better player and a better person. With each training session, with each game, with every minute spent in the dressing room, I was always learning. . . I am really grateful to the Chelsea fans for the affectionate way they welcomed me at Stamford Bridge and their support throughout my time at the club. There was also criticism, which is normal, what is important though is that both the affection and criticism drove me to always give my all in every training session, every game, to be constantly improving until my very last minute in a Chelsea shirt! . . The time has now come to move on. I am certainly going to miss my teammates. I will miss all the staff at the club who’ve always treated me like a son and I will miss the fans. I leave with my head held high, safe in the knowledge that I won things here and always did my best in a Chelsea shirt! . . My heartfelt thanks go out to all of you and God bless you! . Willian Borges da Silva

Uma publicação compartilhada por Willian Borges Da Silva (@willianborges88) em

Em destaque