Carregando

Buscar

Futebol

Médico da CBF vê naturalidade em retorno do futebol: ‘Você vai de acordo com o que está sendo liberado’

Compartilhe

A CBF definiu as as datas de retorno do Campeonato Brasileiro feminino e masculino. Enquanto as mulheres retornam no dia 26 de agosto (série A1), os homens voltam antes, nos dias 8 e 9 (séries A e B) do mesmo mês. Para o presidente da comissão médica da CBF, Jorge Pagura, a volta do futebol nacional é visto como algo “natural” porque “todas as atividades estão voltando”, como parques, bares e restaurantes.

“Você vai de acordo com o que está sendo liberado pelo país, estados e municípios. Os jogos não serão
realizados nas cidades que não tiverem abertura confirmada pelas autoridades locais”, disse em entrevista ao portal “Dibradoras”. Ao contrário de outros países, o Brasil volta aos gramados em meio a um cenário de difícil perspectiva de melhora. De acordo com a média móvel, atualmente são mais de mil mortes por dia. 

Para Pagura, a volta do futebol significa o retorno de uma atividade econômica, já que envolve empregos. “Vamos fazer com um nível de segurança excepcional. Foi preparado protocolo de retorno, como outras atividades prepararam, mas eu diria que poucas atividades têm controle e rigidez que nós temos”, completou.

João Felix

O protocolo pré-definido pela entidade inclui testagem frequente (bancada pela entidade) e medidas de distanciamento para evitar contato desnecessário. O protocolo deverá ser executado por todos os clubes de maneira contínua para que os números se mantenham atualizados, e os envolvidos não corram riscos de saúde.

Com exceção do Campeonato Carioca, todos os principais estaduais do país, incluindo a Copa do Nordeste, ainda estão sendo disputados. A estreia da elite do Campeonato do Brasileiro está marcada para o dia 8 de agosto. Fortaleza e Athletico-PR abrem a rodada no sábado acompanhados de confrontos entre Coritiba e Internacional e Sport e Ceará. A rodada será concluída normalmente no domingo.

Em destaque