Carregando

Buscar

Futebol

Jornal alemão revela as sete contratações que escaparam de Guardiola no Bayern

Compartilhe

Multicampeão pelo Bayern, Pep Guardiola viveu um período de sucesso entre 2013 e 2016. O técnico catalão revolucionou o clube bávaro e o manteve no topo da Alemanha durante seu comando. Porém alguns pedidos não concebidos pelo clube pode ter atrapalhado o seu desempenho. 

O jornal alemão “Bild’, fez uma revisão das contratações do clube alemão durante o comando de Pep, e registrou alguns nomes de peso que não foram contratados, sendo substituídos por outros, o que pode ter afetado o seu planejamento. 

Mario Götze foi a primeira aquisição colocada na mesa. Em seguida, chegaram novos reforços, como Lewandowski e Thiago Alcântara. Porém, de acordo com a publicação, o treinador catalão tinha uma lista de objetivos claros e que o clube não alcançou.

O repórter do jornal alemão que cobre as informações do clube bávaro, Christian Falk, escreveu o livro “‘Inside FC Bayern” e garante que Guardiola trabalhou para elevar o nível do Bayern pedindo ao clube até sete jogadores de destaque, tendo Neymar como objetivo principal.

João Felix

Além do brasileiro, nomes como Luis Suárez, Eden Hazard, Paul Pogba, Marco Verratti, Kevin de Bruyne e Raheem Sterling estiveram em pauta. De início, a opção de contratar Gotze foi a primeira discrepância nas transferências entre Pep e o clube, segundo Falk. O Bayern o convenceu a trazer Götze, em vez de Neymar, algo que incomodou o espanhol. No caso de Suárez, Guardiola pediu que fossem a Barcelona e tentassem tirá-lo do Liverpool por 40 milhões de euros (R$ 243 milhões), algo que também não aconteceu.

Dos sete, nenhum terminou na Baviera e, segundo o “Bild”, esse foi um dos motivos de sua partida após três temporadas. Entre os membros desta lista, Guardiola só teve Sterling e Kevin de Bruyne no Manchester City depois dele. Tanto o belga, como o inglês, tiveram um excelente desempenho sob o treinador e são considerados um dos melhores jogadores do mundo. 

Apesar de haver rumores de um possível retorno à Alemanha no final de 2019, Guardiola não deve deixar o banco do Manchester City em um futuro próximo. 

Tags

Em destaque