Carregando

Buscar

Futebol

Criminalista brasileiro crê que Ronaldinho será solto em agosto

Compartilhe

Os dias de Ronaldinho no Paraguai podem estar perto do fim. De acordo com o criminalista brasileiro Gil Ortuzal, o prazo do inquérito expira em agosto (após seis meses), e se o Ministério Público não apresentar novas acusações, R10 será solto. “Ouvi de excelentes advogados paraguaios que a solução do caso é iminente e que Ronaldinho será solto em breve. Conheço a cultura e suficientemente a legislação daquele país”, destacou Ortuzal para a coluna de Leo Dias, do portal “Metrópoles”. 

Ortuzal acrescenta que a prisão de Gaúcho permanece em razão da investigação de outros supostos crimes, por exemplo, lavagem de dinheiro: “Ele não é bandido de estimação como alguns querem rotular. Tenho convicção que ele vai sair”. 

João Felix

Ronaldinho foi preso em março e ficou cerca de um mês no presídio. No dia 7 de abril, ele e seu irmão conseguiram o direito de cumprir prisão domiciliar por terem confessado que seus documentos eram ilegais e por não ter antecedentes no país. Neste momento, os dois estão em prisão domiciliar num luxuoso hotel em Assunção, no Paraguai. Enquanto esteve na cadeia comum, Ronaldinho foi campeão do torneio de futebol do presídio.

Foto: 365 scores

Em destaque